Club On E-music Day – Passado, Presente e o Futuro da Música Eletrônica!

Tuesday, August 21st, 2012
by: Mariana Amoroso

capafaceclubonemusicday

Club On E-music Day

Passado, presente e futuro

Pasado, presente y futuro

Past, present and future

Marcos Yamin – dono do Portal Club On – intitulou o dia 19 de agosto como o dia da reflexão sobre a cultura da música eletrônica brasileira e internacional. Todo ano, vamos discutir e homenagear os grandes responsáveis por difundir a cena no mundo.

O cenário da música eletrônica esta sendo banalizado há tempos. Um dos fatores que nos fazem refletir é o dilema em que vivem os Dj´s profissionais, estudados – que respiram a cultura eletrônica – e aqueles que se intitulam Dj´s. Antigamente – há uns 30 anos atrás – um equipamento profissional era muito mais caro do que nos dias de hoje, tornando o acesso a produção da e-music e da música eletrônica totalmente comercial e vazia. Hoje, é muito mais fácil criar uma faixa, basta ter um computador pessoal e alguns equipamentos que se faz uma batida. Além do que, com o crescimento das mídias não pagas, ter acesso a qualquer single tornou-se muito mais fácil do que na época do vinil. Antes da era da internet, a cena era muito mais valorizada, as músicas duravam muito mais. Atualmente, com as facilidades que o mundo virtual proporciona – um single – se torna velho muito rápido, pois são reproduzidos mais vezes na web, nas rádios, nos clubes, na televisão e etc. A música eletrônica era underground e não era suportada pela mídia mainstream, ou seja, não existiam várias formas de obtê-las e ouvi-las. Hoje observamos um mix de eletrônico com as batidas da pop music. Seria uma nova geração preocupada com o estético, status e o glamour?

Muitas vezes, os novos Dj´s apresentam aquilo que já está padronizado e esquecem de que – o certo dessa e de todas as profissões – é querer sempre mais, ser curioso, desenvolver habilidades, ousar, inovar, sair da mesmice. Ter identidade, criatividade, técnica, marketing e business, são alguns dos principais pontos para se alcançar o sucesso em qualquer carreira. Porém, vejo que a cena esta caminhando para suas verdadeiras origens, é só perceber que um dos lugares mais procurados pelos amantes da cena é Ibiza na Espanha. Há muitos anos, a ilha difunde a música eletrônica e carrega milhares de turistas para suas praias. É só perceber a repercussão que as festas oferecidas com Dj´s undergrounds, proporcionam por semana aos clubs espanhóis como Space, Amnésia, Pacha, Sankeys, DC-10 (Circoloco) e outros. Hoje, eles estão no topo do ranking dos melhores clubs do mundo e isso se deve as mudanças alegres e inteligentes inserida nas tracks. As batidas anteriormente “estranhas” ao grande público – ganharam vocais, instrumentos e efeitos – e tornaram-se uma releitura do passado, transformando o novo e levando para o futuro.

Quem gosta de música eletrônica de verdade não tem paciência para a música comercial, muito menos para o comportamento apelativo de quem as ouve e de quem as toca.

A cultura eletrônica, sempre teve como objetivo principal unir pessoas que apreciam o som – em um mesmo lugar, dançando a mesma música a noite toda. E claro, sem se preocupar com a marca da vodka que esta tomando, com a marca de roupa que esta usando, ou com o camarote apertado abarrotado de mulheres sedentas por um copinho de champagne. Para a cultura da música eletrônica não existe preconceitos. No mercado de trabalho – os que batalham, que correm atrás, que são ambiciosos e tem valores – são os que atingem o tão esperado sucesso. No mercado da música eletrônica não é diferente, quem tem talento se destaca naturalmente e com certeza será valorizado.

E você, o que você pensa da cultura eletrônica?

Queremos saber a sua opinião.

Envie para press@upfront.com.br

As 5 melhores resenhas serão publicadas no Portal!

Essa resenha é uma homenagem a Samuel Guetta – Fundador do Portal Ibiza-Voice e de uma das mais reconhecidas festas a “Cadenza Vagabundos” que todo ano apresenta line-ups com artistas de peso, lança tendências musicais e leva milhares de pessoas para o club Pacha Ibiza.

Marcos Yamin

  • Print
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • MySpace
  • Twitter

Comments are closed.


Club On

© 2009 Clubon. Todos os direitos reservados.
Reprodução proibida sem autorização.
powered by: Soldia